Comerciantes aumentam vendas com ferramenta que transforma celular em máquina de cartão de crédito

A novidade está em Patos de Minas desde setembro e já alcançou diversos setores do comércio e profissionais liberais

Roselly Gonçalves
23/12/2011 - 23h59

Comerciantes aumentam vendas com ferramenta que transforma celular em máquina de cartão de crédito

Simples, Econômico e Seguro é assim que funciona o Mercancia, o site de compras coletivas que chegou a Patos de Minas e ajudou vários profissionais liberais e comerciantes a aumentarem as vendas em até 33% e o melhor, pagando somente R$30 mensais por isso.

O Mercancia foi lançado no início deste ano, na cidade de Uberaba, e em apenas seis meses conseguiu a adesão de 1600 clientes. A partir de setembro, a ideia ganhou o Brasil e alcançou mais de cinco mil adeptos nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Tocantins.


Em Patos de Minas, a situação não é diferente – o sistema caiu no gosto da população e atrai cada vez mais o interesse dos comerciantes. Dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, proprietários de institutos de beleza, lanchonetes, entre outros aderiram ao projeto e mostraram-se positivamente surpreendidos com a eficiência e simplicidade do manuseio da ferramenta.


Mas o que é o Mercancia e por que faz tanto sucesso? Trata-se de um site de compras coletivas que aliou as vendas virtuais a um sistema informal de aceite de cartão de crédito no aparelho celular. Isso mesmo, além de colocar o seu produto ou serviço em uma vitrine virtual, o cliente também tem acesso a um aplicativo que transforma o celular em máquina de cartão de crédito. A esta ferramenta dá-se o nome de PagWap.


O Pagwap funciona assim: o aplicativo é instalado no aparelho celular do vendedor e este, por meio da inserção de um código, realiza toda a operação de venda com cartão de crédito direto do próprio celular. Se aprovada a operação, o comprovante de compra é enviado via SMS para o telefone do cliente e o dinheiro cai direto na conta bancária do comerciário. O mesmo procedimento de venda também pode ser realizado via computador, basta instalar o aplicativo na máquina.


Para adquirir o sistema o vendedor necessita de apenas de um aparelho celular compatível com a ferramenta, CPF ou CNPJ e uma conta bancária, que pode ser poupança ou conta corrente.


Dentre as vantagens do projeto, está o aumento das vendas.  Além de oferecer ao cliente formas de pagamentos ampliadas e parceladas através do pagwap (divide em até 12x), o anunciante ganha novos consumidores a partir da publicidade diferenciada oferecida pelo portal de comércio eletrônico Mercancia.


O aplicativo também oferece segurança, tanto para o vendedor, quando para o consumidor.

Os dados do cartão de crédito não ficam armazenados no celular ou no computador do vendedor e este recebe o pagamento direto na conta corrente.


Adesão

Para participar do Mercancia, o cliente paga uma taxa de adesão que varia de acordo com a população da cidade, compreendida entre R$20,00 e R$150,00 e uma mensalidade no valor de R$30,00.


Com essa mensalidade, o vendedor compra o código do aplicativo Pagwap, o que permite que o mesmo instale o programa em quantos celulares necessitar, sem pagar nenhum valor adicional por isso.


Por exemplo, o dono de um restaurante delevery pode adquirir a ferramenta pagwap, instalá-la no aparelho celular de todos os seus entregadores, e pagar um valor mensal de R$30,00 pelo serviço.

Outro diferencial é que o projeto não tem carência de permanência, nem multa rescisória.

Franquia em Patos de Minas

No Plural Comunicação e Marketing

(34) 3814 2867 (34)3061 5054



 

Fotos: Reprodução