TEMPESTADE: Chuva causa estragos por toda cidade

Ruas ficaram alagadas, veículos foram arrastados e casas inundadas. Muros de arrimo, árvores e até uma torre de uma empresa de internet a rádio caíram.

Igor Nunes
02/02/2012 - 23h59

TEMPESTADE: Chuva causa estragos por toda cidade

 

Um forte temporal que atingiu Patos de Minas na tarde desta segunda-feira (30) deixou estragos por toda a cidade. Ruas e avenidas ficaram alagadas, veículos foram arrastados e casas inundadas. O córrego do Monjolo transbordou mais uma vez. Muros de arrimo, árvores e até uma torre de uma empresa de internet a rádio caíram.
Segundo o Corpo de Bombeiros, a chuva começou por volta de cinco horas da tarde e demorou pouco mais de 40 minutos. Tempo suficiente para deixar rastros de destruição por toda a cidade. O tenente Lucas Maia contou que além da equipe de plantão, a 2ª Companhia de Bombeiros Militar de Patos de Minas também teve que chamar os militares que estavam de folga para auxiliar nos atendimentos.
A Rua Maestro Randolfo, Centro de Patos de Minas, ficou totalmente alagada. A água chegou a cobrir o capo de alguns veículos que estavam estacionados e invadiu casas. Alguns moradores tiveram que retirar o lixo levado pela correnteza para dentro das residências. O barro também chegou a cobrir os móveis.
Na avenida Fátima Porto, próximo a Avenida Piauí, até a calçada foi tomada pelas águas. Um veículo teve que ser amarrado ao poste de iluminação pública para não ser levado pela correnteza. Segundo o capitão R. Santos da Polícia Militar, duas mulheres estava no veículo e foram retiradas por funcionários de uma empresa de aluguel de campos de futebol.
Os estragos também foram registrados por nossa equipe na Avenida Marabá, onde uma antena de transmissão de internet a rádio caiu e chegou a interditar meia pista. Segundo o gerente administrativo da empresa, o estrago causou a paralisação do serviço nos bairros próximos e também em cidades da região. Ele também garantiu que os danos serão reparados e o sinal da empresa deve retorna na manhã desta terça-feira (31).
Os bairros mais prejudicados, mais uma vez, foram o Jardim Paulistano e Vila Rosa. Moradores tiveram que abandonar as casas devido ao Córrego do Monjolo ter transbordado. Desta vez, a enxurrada chegou a atingir algumas empresas de autopeças. Segundo um dos empresários, um prejuízo de aproximadamente 10 mil reais.
Os estragos também atingiram a zona rural. O Corpo de Bombeiros também registrou uma queda de arvore na rodovia MGC-354, próximo a Presidente Olegário. A via chegou a ficar obstruída.
 
 
Fotos: Júnior Ferreira