7 regras para se vestir bem

Aprender a escolher as peças certas é o primeiro passo para ficar bem vestida.

Não informado
01/03/2012 - 23h59

7 regras para se vestir bem

 

Antes de comprar uma roupa nova, é preciso levar em conta o formato do seu corpo, a numeração ideal e se ela combina com o seu estilo. Se você ainda tem dúvidas sobre o assunto, conheça 7 regras para se vestir bem que toda mulher precisa saber para sair da loja satisfeita e sempre na moda.
1- Qual o seu tipo físico?
Antes de escolher qualquer peça de roupa, é preciso conhecer bem o seu corpo. Descubra qual é o seu tipo físico e tire medidas dos ombros, cintura, quadril e busto.
Saiba valorizar o seu corpo destacando a parte mais bonita de forma correta e disfarçando aquela que você menos gosta e não quer chamar muito a atenção. Mas nada de exageros: valorizar não quer dizer abusar das fendas e decotes, assim você corre o risco de parecer vulgar.
2- Qual a sua numeração?
Aquela roupa ficou larga, comprida demais ou até mesmo muito ajustada ao corpo? Essas peças podem sim chamar atenção, mas de outra forma. Elas acabam desvalorizando o seu corpo pois fica evidente a escolha da numeração errada.
Antes de comprar uma peça, é preciso prová-la e ficar bem atenta se o caimento ficou perfeito para o seu corpo. Veja se a roupa não ficou muito apertada na região do abdome ou do busto, se está confortável na cintura e nas coxas e, principalmente, se você se sente bem vestindo a peça.
3- De acordo com a sua idade
Não escolha uma roupa somente porque achou a peça bonita e combina com o seu corpo. Para ficar elegante, é preciso montar a sua produção de acordo com a sua idade. Ou seja, mulheres maduras não combinam com peças muito curtas e chamativas e vice-versa.
4- Como disfarçar partes do corpo
Se mesmo depois de conhecer qual o seu tipo físico e a númeração de roupa certa para o seu corpo, você ficar incomodada com os culotes avantajados marcando sobre a roupa ou o quadril muito grande e os braços mais gordinhos, saiba que isso tudo pode ser disfarçado com truques simples. É só usar a peça certa para cada finalidade.
Mulheres que querem disfarçar os culotes avantajados devem disfarçar usando calças retas sem afunilar no comprimento, saias com corte evasê “A” e blusas com volume e tons claros. Para disfarçar o quadril muito largo, é preciso usar peças com cortes mais retos e em tons mais escuros a partir da região abaixo da cintura. O ideal é combinar com blusas que não sejam muito ajustadas ou largas ao corpo.
Para disfarçar o braço flácido, a dica é optar por blusas com mangas compridas ou ¾ em que não tenham detalhes na região dos braços. Outra dica é sobrepor um colete para desviar a atenção da região dos braços. Já para aquelas que não estão satisfeitas com o corpo todo, a dica é apostar em um look de uma cor só, de preferência tons escuros e neutros ou peças básicas sem muito volume, aplicações e detalhes.
5- Escolhendo o decote certo
Escolher um decote exagerado demais ou que deforme os seios pode detonar a produção. Por isso, é preciso saber escolher o tipo de decote ideal de acordo com o formato do seu corpo e que acomode bem o busto. As mulheres com seios pequenos podem valorizar a região com qualquer tipo de decote. Para quem tem seios médios, a escolha ideal é o decote em “V”, canoa, redondo e tomara-que-caia.
Já para quem tem seios muito grandes e volumosos, é preciso tomar cuidado redobrado para não detonar toda produção. Para disfarçar o volume, e suavizar a região do colo, o ideal são os decotes em formato redondo, em “V” não muito profundo, quadrado e canoa.
6- Qual tipo de estampa é ideal?
Existe uma variedade de estampas com tamanhos e cores diferentes que sempre deixam a produção feminina mais alegre. Mas para fazer a escolha certa, é preciso saber qual tipo de estampa combina com o seu tipo físico.
A regra não tem erro: mulheres com medidas maiores e partes do corpo mais avantajadas devem apostar em roupas com estampas pequenas e, de preferência, com o fundo do tecido mais escuro para dar uma equilibrada no visual, evitando aquela aparência de medidas duplicadas. Já para mulheres magras, altas e que querem dar mais volume em determinadas partes do corpo, a dica é apostar nas estampas médias e grandes com cores mais vibrantes para dar impressão de corpo mais curvilíneo.
7- Acessórios são fundamentais
Os acessórios deixam a produção mais bonita, elegante e com mais informação. Além disso, algumas peças podem ser usadas como estratégias para disfarçar algumas partes do corpo, mas é preciso levar em conta que o exagero pode acabar detonando a produção, por isso é preciso ir com cuidado.
Para completar o truque de disfarçar os braços flácidos, aposte no maxi colar com comprimento médio. Para desviar a atenção do quadril ou abdome avantajado, aposte nos brincos chamativos. As pulseiras mais largas e mais de uma em um braço só ajudam a disfarçar os braços finos.
Para dedos curtos e gordinhos, a dica é apostar nos anéis medianos. Já nos dedos finos e magros os anéis podem ser usados desde os mais finos aos modelos maxi. Os lenços, bolsas, óculos de sol também dão um diferencial em qualquer visual. Para deixar o look sempre harmonioso, combine a produção com peças de tonalidades e detalhes que conversem entre si.
*Fonte: www.dicasdemulher.com.br