Com riscos de parar de andar, garoto lagoense com problemas na coleta precisa de doações para comprar colete cervical

Matheus Willian Gonçalves de Souza, de 13 anos, desenvolveu escoliose idiopática juvenil, um tipo de deformidade grave e progressiva que faz com que a coluna entorte.

Caio Machado
19/02/2018 - 09h53

Com riscos de parar de andar, garoto lagoense com problemas na coleta precisa de doações para comprar colete cervical

O garoto lagoense Matheus Willian Gonçalves de Souza, de 13 anos, necessita urgentemente de doações da população para comprar um colete cervical que irá auxiliá-lo após um procedimento cirúrgico que realizará na coluna, pré-agendada para acontecer no mês de março ou abril.

Além do colete cervical, que custa cerca R$ 1.500,00, o menino também precisa de ajuda financeira para custear a alimentação e os medicamentos, sem contar que a cirurgia ocorrerá em Belo Horizonte, e que sua família é bastante carente para arcar com tudo.

Matheus é estudante da APAE e levava uma vida normal jogando futebol, andando de bicicleta e correndo pelas ruas, até ser diagnosticado com um tumor no cérebro. Aos dez anos de idade, o garoto passou por uma cirurgia de retirada do tumor, permanecendo sob o alerta de que o mesmo poderia ressurgir no mesmo local.

O tumor não reapareceu no cérebro de Matheus, porém possivelmente devido as sessões de quimioterapia, o jovem desenvolveu escoliose idiopática juvenil, um tipo de deformidade grave e progressiva que faz com que a coluna entorte.

Se Matheus não realizar a cirurgia, corre riscos de parar de andar. Devido aos problemas financeiros, a família do menino entrou na justiça para conseguir realizar a cirurgia pelo SUS, pois a mesma não é oferecida gratuitamente.

Após o procedimento cirúrgico, Matheus precisar utilizar um colete cervical, do qual a família não possui condições financeiras o suficiente para comprar. Agendada para março ou abril, a cirurgia só poderá ser realizada se a família do rapaz conseguir o colete.

Interessados em colaborar, podem doar R$ 10,00, ou a quantia que puder, depositando na Conta Corrente 65274-1, Agência 2237-3 do Banco do Brasil ou diretamente na residência de Matheus na Rua Toinzinho Augusto, 76, Bairro Bairro Nossa Senhora do Rosário em Lagoa Formosa/MG.

O sargento Luiz Martins da Silva da Polícia Militar também está recolhendo as doações das pessoas que residem em Lagoa Formosa Mais informações pelo telefone e WhatsApp de Luiz Martins: (34) 992579318. Colabore!


  • Galeria
  • Galeria
Fonte e Fotos: Sargento Luiz Martins