Grupo Tupam vence quatro prêmios no 3º Festival Nacional de Teatro de Passos

A companhia teatral do Centro Universitário de Patos de Minas (Unipam) também recebeu outras seis indicações.

29/07/2019 - 16h15

Grupo Tupam vence quatro prêmios no 3º Festival Nacional de Teatro de Passos

O Grupo de Teatro Universitário de Patos de Minas (Tupam) recebeu nove indicações, das quais venceu quatro, neste último domingo (28), durante a cerimônia de premiação do 3º Festival Nacional de Teatro de Passos.

Realizado pela Adesc (Associação de Desenvolvimento Cultural – Regional), entre os dias 21 a 28 de julho, o festival homenageou a professora, poetista e atriz teatral passense Gilda Maria Parente, que participou da solenidade distribuindo troféus aos vencedores.

 

O homem que não sabia sorrir”

Com o espetáculo “O homem que não sabia sorrir”, dirigido por Consuelo Nepomuceno, a companhia teatral emocionou o público na última sexta-feira (29), com o musical que retrata a trajetória de pesquisadores que buscam compreender o motivo das pessoas não estarem felizes.

Criticando a sociedade do consumo e a necessidade exacerbada de estar sempre sorrindo, a peça demonstra como o personagem Jeremias é forçado pelos estudiosos a frequentar convenções sociais de entretenimento, porém privando-o do próprio livre arbítrio.

O espetáculo é encenado por Brendha Lopes, Humberto Alves, José Vitor Braga, João Gabriel Sodré, Marcella Melgaço, Marcello Soares de Freitas, Melissa Alves, Paula Fernanda Mota, Paulo Henrique Fernandes da Silva, Renata Estevam, Sérgio Gabriel Brito e Talita Barcelos.

O texto é inspirado pelo livro infantil "O Gamba Que Não Sabia Sorrir" de Rubem Alves. Com exceção da primeira faixa, escrita por Luiz Salgado, a trilha sonora da peça foi composta inteiramente pelo ator Marcello Soares de Freitas e arranjada pelo tecladista Paulo Henrique Fernandes da Silva.

 

A premiação

Durante a solenidade de premiação, ocorrida no Teatro Rotary, o Grupo Tupam foi indicado nas categorias de melhor maquiagem, figurino, sonoplastia e texto original. Os atores José Vitor Braga e Marcella Melgaço também receberam indicações de melhor ator e atriz coadjuvantes, respectivamente.

O cenógrafo Marcos Nepomuceno foi contemplado com o prêmio de melhor cenário e Consuelo Nepomuceno recebeu a estatueta de melhor direção. Por fim, espetáculo foi o grande vencedor da categoria de espetáculo de palco e também foi escolhido como o melhor espetáculo de todo o festival.

Além dos quatro troféus (um busto do deus grego Dionísio, feito a mão pelo escultor Jair Soares Junior do município de Carmo do Rio Claro), o grupo Tupam recebeu um cheque no valor de 5000 reais por terem vencido a categoria de melhor espetáculo.

Para o organizador Maurílio Romão, o espetáculo patense foi de encontro com o público e fez todo mundo vibrar com a vitória. “O Grupo Tupam saiu como grande vencedor do festival. É uma grande alegria, pois se trata de um trabalho muito bem confeccionado”, descreveu.

O 3º Festival Nacional de Teatro de Passos contou com a presença de quase 30 mil pessoas durante as 40 atrações exibidas. “Em 2019 iremos continuar, mesmo que seja de modo alternativo. Tentamos sempre fazer uma edição um pouquinho melhor do que a anterior”, concluiu Romão.


  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
Texto e fotos: Caio Machado