Regime de plantão é criado no cemitério para atender casos de COVID-19

A medida foi adotada para agilizar o enterro de vítimas da COVID-19.

redação Clube Notícia.
15/07/2020 - 13h52

Regime de plantão é criado no cemitério para atender casos de COVID-19

Em entrevista ao repórter Otaviano Marques, o Prefeito de Patos de Minas, José Eustáquio (DEM), afirmou que, a partir de agora, os cemitérios do município atenderão em regime de plantão. A medida foi adotada para agilizar o enterro de vítimas da COVID-19.

Ainda segundo o prefeito, os óbitos registrados depois das cinco da tarde geram problemas para as famílias, que não podem velar o corpo e precisam fazer o enterro de maneira mais rápida, por conta dos protocolos de segurança. “As pessoas que estão falecendo de COVID-19 neste horário acabam colocando as famílias em dificuldades. Por isso estamos editando uma norma para criar esse regime de plantão”, afirmou o Chefe do Executivo Municipal.

A medida ainda será editada e deve ser publicada ainda nesta semana. Nos últimos dias, algumas famílias reclamaram do horário de funcionamento dos cemitérios, pois não conseguiram sepultar, de forma mais rápida, pessoas com COVID-19, ou com suspeita da doença. Na prática, os cemitérios ficam disponíveis, em regime de plantão, por 24h.